sábado, 31 de maio de 2014

Aprenda como recuperar a firmeza do bumbum com ginástica


Aprenda como recuperar a firmeza do bumbum com ginástica 
Você está desabando porque notou que o seu corpo não anda, assim,durinho, com tudo em cima? Calma! Com a atitude certa é possível virar o jogo e recuperar a firmeza perdida.
flacidez é um problema estético que pode surgir no rosto e no corpo e atinge a maioria das mulheres. Com o passar do tempo, a produção de colágeno e elastina diminui. A partir disso, ocorre o processo de desestruturação das fibras. São diversos os fatores que contribuem para acelerar esse processo, que costuma surgir por: distúrbios hormonais, sedentarismo, obesidade, fumo, gravidez, emagrecimento rápido... As áreas mais afetadas pelo problema são braços, pernas, bumbum e abdome, sem contar rosto e pescoço. É bom lembrar que existem dois tipos de flacidez: a cutânea, mais superficial, que resulta da desorganização da arquitetura da rede de fibras de colágeno e elastina; e a muscular, mais profunda, proveniente do desgaste das fibras musculares. Ambas podem ocorrer ao mesmo tempo ou de maneira isolada. Para a flacidez muscular, o melhor tratamento é a prática de atividade física e uma dieta rica em proteínas. A Corpo a Corporeuniu 4 exercícios que ajudam a levantar o bumbum. 
Problema: a falta de sustentação do volume de gordura forma uma prega no limite inferior do glúteo.
Para dar um up na região, exercícios localizados são fundamentais. A seguir, quatro movimentos que você pode realizar em casa, facilmente, para fortalecer a musculatura local. Realize os exercícios em dias alternados, três vezes por semana.
Glúteo no solo com extensão
Repetições: 15 a 20 cada perna.
Em 4 apoios (joelhos e cotovelos no chão), estenda uma perna e eleve o calcanhar até a linha do quadril. Faça movimento de sobe e desce. No final, repita com a outra perna.


=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D==D=D=
Agachamento Livre 
Repetições: 15 a 20.
Utilizando um banco ou uma cadeira como apoio, simule o movimento de sentar: flexione lentamente os quadris para trás e os joelhos até as coxas ficarem paralelas ao solo, em 90 graus. Mantenha as costas e os ombros retos (evite arredondar a coluna para evitar lesões). Ao chegar ao ponto mais baixo, volte à posição inicial.


=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D
Elevação pélvica no solo
Repetições: 15 a 20.
Deitada, pernas semi-estendidas e mãos apoiadas no chão. Eleve o quadril e desça devagar, sem tocá-lo no solo.


=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D=D
Abdução no solo
Repetições: 15 a 20 cada perna.
Deitada de lado, pernas estendidas, uma sobre a outra. Eleve a que está em cima lateralmente até o alto e desça.




0 comentários: